Reunião de nutrologia discute sarcopenia


Evento ressalta a importância da nutrição com o início da decadência muscular

Além dos cabelos brancos, envelhecer traz uma série de novos desafios, entre eles o impacto à musculatura. A sarcopenia, perda de massa e força muscular, atinge grande parte das pessoas e pode ser silenciosa. Com esse quadro, a Associação Paulista de Medicina (APM) realiza mais uma Reunião Científica de Nutrologia em 29 de agosto às 20h30. Dessa vez, a temática é “Nutrientes, Suplementos, Exercícios e Farmacoterapiana Sarcopenia do Idoso”.

O objetivo é abordar o envelhecimento no aspecto das alterações fisiológicas, causas e consequências da redução muscular, além de como prevenir e tratar a doença. A dinâmica do evento é baseada em uma palestra para exposição do tema e, ao final, é aberto para perguntas. Haverá também transmissão via internet para aqueles não estiverem presentes no local.

O responsável por ministrar a aula será Nelson Iucif Jr, especialista em nutrologia e geriatria. Segundo ele, além da mortalidade pela maior ocorrência de uma série de doenças, a sarcopenia é uma grande causa da perda de independência.

Com a fraqueza dos músculos, o idoso perde a capacidade de se auto cuidar “Toda pessoa idosa tem muito mais medo de ficar dependente do que de morrer. Um coisa que ela não quer é ficar em uma cadeira de rodas, presa e precisar de alguém para tomar banho, comer, tomar água, coisas simples”, completou.

Nelson ainda ressalta a importância da reunião para discutir as novas regras de diagnóstico. Ele afirma que, por ser uma doença passível de prevenção, a descoberta precoce pode intervir em problemas futuros como a mortalidade e dependência de terceiros “ Em 2019 saíram novas investigações e trabalhos, que mudou um pouco o diagnóstico, ficando mais fácil fazer. É fundamental que as pessoas se atentem a isso”, enfatizou.


8 visualizações

(11) 3871-2331 | 3873-6083  

 3562-0088 | 99911-8117

Av. Pompéia, 634

Cj. 401 - São Paulo