Coren-SP emite primeira carteira com nome social


O Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) emitiu a primeira Carteira de Identidade Profissional do Brasil com nome social (CIP). A ação promove o reconhecimento da identidade de gênero de trabalhadores travestis e transexuais.

Funcionária da Fundação Municipal de Saúde de São Caetano do Sul e militante dos direitos LGBT, a auxiliar de enfermagem Josyane Pinto de Souza Mello foi a primeira profissional da categoria a utilizar o nome social no Brasil. “Essa ação representa uma abertura muito importante para o movimento LGBT. É mais um passo na luta contra a discriminação”, diz a profissional.

Fabíola de Campos Braga Mattozinho, presidente do Coren-SP, enfatiza a importância da iniciativa. “Essa conquista é fruto de uma construção contínua na luta contra o preconceito. Parabenizo a Josyane pela conquista, que representa um avanço não apenas para ela, mas para toda a enfermagem. É a conquista

de um direito.”

Para a emissão do documento com nome social, que é expedido na hora, o profissional deve comparecer em uma das unidades do Coren-SP e apresentar o Rg.


18 visualizações

(11) 3871-2331 | 3873-6083  

 3562-0088 | 99911-8117

Av. Pompéia, 634

Cj. 401 - São Paulo