Fibromialgia em debate na APM


A Associação Paulista de Medicina realiza, em 15 de agosto, a partir das 19h, a reunião Científica de Medicina Legal e Perícias Médicas, sob o tema “Fibromialgia: Aspectos Periciais”. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Reumatologia, a doença é responsável por cerca de 5% dos atendimentos em clínicas gerais e de 15 a 20% em clínicas de reumatologia.

Caracterizada como uma das doenças reumatológicas mais comuns e frequentes, a fibromialgia possui sintomas como dor generalizada, fadiga e dificuldades cognitivas. Com causa ainda desconhecida, ocorre de 8 a 10 vezes mais em mulheres do que em homens.

“Destacaremos a importância da perícia no diagnostico da fibromialgia e sua relação com outras patologias. Ainda em estudo, não se sabe ao certo se ela é decorrente de um processo depressivo ou se a depressão está associada a ela. Do ponto de vista pericial, é fundamental saber se a fibromialgia exclui outras patologias ou se na verdade atua e apresenta sintomatologia concomitante a outras doenças que podem ou não ter nexo com o trabalho”, explica dr. Pedro Leandro Zilli Bertolini, Coordenador das Delegacias Regionais do Estado de São Paulo de Medicina Legal e Pericias Médicas e Diretor do Departamento de Medicina Legal e Perícias Médicas da APM Piracicaba, palestrante do encontro.

Voltado aos profissionais que atuam na área de Medicina Legal e Perícias Médicas, bem como na Medicina do Trabalho, além de ortopedistas, clínicos e reumatologistas, a Reunião abordará, também, eventuais dúvidas que surgem a respeito da fibromialgia, como a relação a perícias trabalhistas bem como com o trabalho e sua característica multidisciplinar.

APM | Reunião Científica de Medicina do Trabalho e Perícias Médicas

Data: 15 de agosto de 2016 Horário: 19h às 21h Local: APM - Av. Brigadeiro Luís Antonio, 278 - Bela Vista Telefone: (11) 3188-4248 www.apm.org.br


0 visualização

(11) 3871-2331 | 3873-6083  

 3562-0088 | 99911-8117

Av. Pompéia, 634

Cj. 401 - São Paulo