II Congresso Brasileiro de Neurogenética unirá pesquisa e prática

February 5, 2020

 

“A área da Neurogenética tem se destacado muito nos últimos anos. A descoberta de novos genes relacionados a doenças que previamente tinham sua etiologia desconhecida é um marco da ciência! Quem poderia imaginar que doenças consideradas incuráveis poderiam ser passíveis de tratamento? Essa era chegou, e estamos vivenciando esse momento histórico com o II Congresso Brasileiro de Neurogenética.”

 

Essa é a introdução sobre o campo que faz José Luiz Pedroso, membro da Comissão Organizadora do II Congresso Brasileiro de Neurogenética. O evento ocorrerá entre 26 e 28 de março de 2020, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo/SP, e tem realização da Academia Brasileira de Neurologia (ABN) e organização da Associação Paulista de Medicina (APM).

 

O especialista reforça: “Uma era de descobertas que exerce influência direta na prática diária dos neurologistas, neuropediatras, geneticistas, biomédicos, cientistas, e para a vida dos pacientes. Esse Congresso abordará dois aspectos principais: pesquisa e atualização”.

 

Um ponto de destaque para o evento é a união de duas grandes áreas da Medicina: a Neurologia e a Genética. Essa união é de extremo interesse científico, dada a perspectiva de crescimento e atualização do campo, que tem forte relação com as doenças raras.

 

Ao longo de três dias, o II Congresso Brasileiro de Neurogenética passará por temas como: diversidade genética humana; neurogenética na prática diária; terapia gênica; semiologia em neurogenética; doenças mitocondriais; doença de Parkinson; sequenciamento genético de última geração; perspectivas futuras de tratamento; entre muitos outros.

 

“Ainda teremos uma sessão denominada ‘Painel Terapêutico’, que mostrará o que há de novo no tratamento das doenças neurogenéticas. E, claro, teremos vários palestrantes internacionais e nacionais, referências nas suas universidades. A expectativa é de que o Congresso atraia, assim, pessoas de todo o Brasil e de outros países da América Latina”, completa José Luiz Pedroso.

 

A organização também está recebendo trabalhos até 9 de fevereiro, nas seguintes categorias: pôster, tema livre (oral) e casos clínicos sem diagnósticos (oral). A divulgação dos trabalhos aceitos será no dia 26 de fevereiro.

 

As inscrições estão abertas e têm condições especiais para associados APM e ABN: médicos arcam com R$ 650, recém-graduados e residentes com R$ 400, acadêmicos com R$ 350 e outros profissionais com R$ 585. Também haverá inscrições no local, com valores mais altos. Para mais informações sobre o evento, clique aqui.

Please reload

Destaque

Paciente COVID-19: cuidados médicos no pós-pandemia

July 6, 2020

1/10
Please reload

Posts relacionados
Please reload

Arquivo