Medicina Legal e Perícia Médica na graduação é tema de debate da ABMLPM nesta quarta, 1 de junho



Em 1 de junho, quarta-feira, às 19h30, haverá mais uma rodada on-line do Debate/ABMLPM. O tema é “Medicina Legal e Perícia Médica na graduação: importância para a Medicina e Direito”.


Os expositores são Carmen Silvia Miziara, do Departamento de Medicina Legal, Ética Médica e Medicina Social e do Trabalho da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, doutora em Medicina (área de concentração em Neurologia) e atual presidente do Conselho de Ensino, Titulação e Certificação da ABMLPM, e Igor L. Mascarenhas, doutorando em Direito pela UFPR, advogado e professor universitário nos cursos de Direito e Medicina do Centro Universitário UNIFIP e do Centro Universitário UNIFACISA, sendo que a moderação caberá a Reginaldo I. C. Carneiro, especialista em Medicina Legal e Perícia Médica pela AMB e atual presidente da ABMLPM seccional Pernambuco (ABMLPM-PE).


Frequente na prática do Direito e da Medicina, a discussão é essencial aos especialistas de ambas as profissões, especialmente aos estudantes. Estarão em pauta, por exemplo, os atos privativos do médico legal e perito atribuídos pela legislação com objetivo informar e esclarecer a condição de saúde específica de um indivíduo. Eles baseiam os laudos para subsidiar decisões judiciais à luz da ciência.


Aliás, nos universos administrativo e forense, as perícias médicas constituem matéria de irrecusável e imprescindível necessidade probante para desvendar de litígios e à contemplação doutrinária/jurisprudencial dos julgadores.


Assim, o especialista em Medicina Legal e Perícia Médica ocupa posição de destaque no cenário científico, judicial e social. A atividade é de relevância capital nas instituições e sistemas de previdências no tocante à saúde do trabalhador.


O Debate/ABMLPM de 1 de junho, vale reiterar, ocorrerá às 19h30 e as inscrições podem ser feitas gratuitamente pelo link: https://abmlpm.hotscool.com/c/debate-medicina-legal-e-pericia-medica

6 visualizações0 comentário