Covid-19, como a segunda onda afeta os médicos e a assistência aos pacientes

Levantamento com 3.882 profissionais de Medicina de todo o Brasil aponta tendências de altas de casos e de óbitos da pandemia no País para futuro, mostra uma linha de frente exausta, com sintomas de Burnout, além das carências e omissões do sistema



A Associação Médica Brasileira e a Associação Paulista de Medicina apresentam os resultados de levantamento inédito sobre os principais problemas enfrentados pelos médicos do País na linha de frente da Covid-19, em coletiva à imprensa, a distância, pelo zoom, em 2 de fevereiro, terça-feira, às 11h.

A pesquisa traz informações sobre a falta de leitos, de recursos humanos e de protocolos, por exemplo. Retrata a percepção dos médicos sobre a exaustão física e o desgaste emocional dos que atendem no dia a dia da pandemia. Indica como as fake news interferem e prejudicam as melhores práticas, na opinião dos profissionais.

Ainda traz dados sobre o agravamento de outras doenças, avalia o papel de gestores/autoridades e analisa como está o comprometimento da população com as principais medidas preventivas à Covid-19.

O levantamento trata igualmente de falta de leitos, de medicamentos, de protocolos, do comprometimento frágil com as medidas de segurança e muito mais.

A amostra é de 3.882 médicos de todos os estados; há informações região por região, além de nacionalmente. É o quarto levantamento realizado pela APM, em São Paulo, e o primeiro da Associação Médica Brasileira.

Agende-se

Coletiva à imprensa

Covid-19 – Como a segunda onda afeta os médicos e a assistência aos pacientes

2 de fevereiro de 2021, terça-feira

11h, por zoom

Link de acesso - https://us02web.zoom.us/j/83859313295

Mais informações aos jornalistas

Acontece Comunicação e Notícias

Chico Damaso (11) 99911.8117 / Beatriz Zolin - (11) 99694.6461 - Celular e Whatsapp

Acontece (11) 97784.7000 / 94232.0252 / 3589-9516 / 3562-0157 - 3853.0770 / 3473.1784 / 99911-8117

acontece@acontecenoticias.com.br

www.acontecenoticias.com.br

0 visualização0 comentário