Canabidiol: o fim da polêmica de uma vez por todas


Neurologistas da APAN e da APM se reúnem em análise consciencioso da real utilização do CDB




O canabidiol ou CDB é um dos princípios ativos da planta da maconha, a Cannabis sativa, e pode ser utilizado como medicamento para diversas doenças, como epilepsia e fibromialgia. Ao longo de décadas, a pesquisa com compostos da planta foi ilegal, mas os potenciais terapêuticos do canabidiol ganharam a atenção da mídia em 2015 quando a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) o incorporou à lista de substâncias controladas, exigindo receita e laudo médico para a importação.

Atualmente, o medicamento e seus efeitos são amplamente discutidos pela população e pelos especialistas em saúde. Porém, pela dificuldade de se chegar a um consenso quanto ao uso, o CDB acaba sendo utilizado até em enfermidades aos quais os benefícios terapêuticos ainda não foram confirmados.


É justamente essa questão que preocupa os neurologistas da Associação Paulista de Neurologia (APAN) e da Associação Paulista de Medicina (APM), reunidos em mais um APAN-AR do Neuro Talks para discutir o assunto em 8 de dezembro.


“O canabidiol é um fármarco como qualquer outro. E assim como os demais, exige indicação. Tem bons resultados específicos para algumas doenças, mas não pode ser utilizado para tudo, como se fosse uma panaceia”, destaca dr. Rubens Gagliardi, presidente da APAN.


“Será uma conversa produtiva para entender o uso correto e incorreto do canabidiol. Um debate sério, acadêmico, mostrando as indicações e contraindicações, vantagens e desvantagens”, continua.


Para abrir o debate, às 19h, o dr. Acary Oliveira, professor adjunto de Neurologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (EPM/UNIFESP), ressalta a relevância do tema no contexto atual. Em seguida, o dr. Vitor Tumas, professor de Neurologia do Departamento de Neurociências e Ciências do Comportamento da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRPUSP), trata das nuances do uso do canabidiol na terapêutica neurológica. Por fim, o dr. Fernando Solera, coordenador da Comissão de Controle de Doping da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), dá o enfoque do CDB na prática esportiva.


“São todos especialistas que conhecem a medicação e a utilizam com muito critério e habilidade, além de serem extremamente bem conceituados em suas respectivas áreas”, comenta dr. Gagliardi.


Para o especialista, é oportunidade única de esclarecer um assunto tão polêmico, tendo em vista que, em certos contextos, extrapola os limites científicos. “É uma indicação cara e muitas empresas mal-intencionadas criam expectativas erradas na população por interesses puramente mercantilistas. Nós, neurologistas, precisamos estar atentos à ciência”, pontua.


Associação Paulista de Medicina (APM)

Data: 8 de dezembro de 2020

Horário: 19h às 20h30

Inscreva-se e saiba mais em: https://doity.com.br/neurotalks


Acontece Comunicação e Notícias

Chico Damaso, Beatriz Zolin, Isabela Caperuto e Julia Palmieri

Whatsapp (11) 99911.8117 --- (11) 99694-6461 --- (11) 97175.2511 --- (13) 99606-0628

Telefones (55 - 11) 99911-8117 / 97784-7000 / 94232-0252 /

3589-9516 / 3562-0157 / 3853-0770 / 3473-1784 / 99911-8117

acontece@acontecenoticias.com.br

7 visualizações0 comentário