Atividade física melhora a conexão entre os neurônios


Imagine que você está nadando e, do nada, o mar fica mais forte. O que fazer? “Atletas lidam com imprevistos o tempo todo, o que treina o sistema nervoso a antecipar suas reações”, diz Gisele. Ótimo na hora de improvisar numa reunião tensa. Agora, e se você errasse o último lance do jogo? “Saber conter a ansiedade e as frustrações em quadra traz reflexos na vida real, pois aprendemos a usar as ferramentas cognitivas que controlam as emoções”, explica Renato Anghinah, da Academia Brasileira de Neurologia.


0 visualização

(11) 3871-2331 | 3873-6083  

 3562-0088 | 99911-8117

Av. Pompéia, 634

Cj. 401 - São Paulo