Depressão pós-parto atinge quase 20% das mulheres no Brasil

A depressão pós-parto é um episódio depressivo de intensidade grave a moderada; costuma ocorrer durante os primeiros meses após o nascimento do bebê. Além da propensão genética, explicação para 38% dos casos, os principais fatores são as quedas abruptas hormonais no pós-parto. Estudos demonstraram prevalência aproximada de 20% para a depressão pós-parto. Segundo o professor de psiquiatria da USP, Joel Rennó Junior, outros trabalhos indicam ainda maior prevalência em populações específicas, como adolescentes. “Cerca de 60% das mulheres com depressão pós-parto já apresenta indícios na gestação, sem ser diagnosticada e devidamente tratada, informa Joel. “Cesareanas de emergência, estresse no cu

Ressaca: dicas de prevenção e tratamento

A ressaca é uma resposta do organismo ao consumo excessivo de álcool. Os sintomas para aqueles que exageram podem ser náuseas, enjoos, vômitos sensação de mal-estar, tontura e dor de cabeça. Isso ocorre porque o álcool inibe a produção da vasopressina, hormônio que regula a hidratação do corpo humano. em decorrência desse bloqueio, urina-se mais do que o necessário, gerando forte desidratação. “A melhor forma de prevenir a ressaca é não beber além da conta”, explica o dr. Abrão José Cury, de 60 anos, presidente do Departamento de Clínica Médica da Associação de Paulista de Medicina (APM). “Para os homens não mais do que 40 gramas de álcool por dia e para as mulheres não mais do que 30”. O cá

Cuidados com os olhos

Os cuidados com os olhos são essenciais em qualquer faixa etária. Parece óbvio, mas nem todos tomam as devidas precauções para garantir o funcionamento saudável dos órgãos da visão. O resultado é que casos absolutamente evitáveis acabam se transformando em incômodos ou até em doenças mais graves. Conforme a oftalmologista Maíra Saad de Ávila Morales, as principais queixas apresentadas pelos pacientes são de ressecamento e irritação dos olhos, coceira e dor de cabeça. “Em pessoas mais jovens e crianças, há maior ocorrência de dor de cabeça, coceira e irritação. Já em adultos o ressecamento costuma ser mais frequente”. Ela ressalta ainda que, em regra, tais problemas não demandam tratamento mu

Cuidados com a pele: risco de câncer aumenta no verão

Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer, o câncer de pele corresponde a 30% dos tumores malignos registrados no Brasil. A probabilidade de contrair a doença aumenta ainda mais no verão, época em que a radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, agravando riscos à saúde. “A grande maioria das ocorrências é desencadeada por exageros ou falta de cuidados em relação ao sol”, revela Ivander Bastazine Junior, secretário do Departamento Científico de Dermatologia da Associação Paulista de Medicina. “Portanto, a melhor maneira de prevenção consiste em evitar a exposição, principalmente nos horários de grande incidência de radiação ultravioleta, das 10h às 16h, além do uso diário

Paralisia cerebral, o que você precisa saber

A paralisia cerebral é caracterizada por alterações neurológicas permanentes do desenvolvimento, causando limitações nas atividades de vida do paciente. Embora alguns apresentem formas graves, e sejam dependentes de cuidados, outros podem desempenhar uma vida muito ativa e independente, trabalhar, estudar e levar uma vida sem percalços. Entre as principais causas está a hipóxia (situação em que, por algum motivo relacionado ao parto, condições da mãe, ou do próprio feto, há falta de oxigenação no cérebro). Exemplos de fatores de risco ou causas para a paralisia cerebral: anormalidades da placenta ou do cordão umbilical, infecções, diabetes, hipertensão arterial (eclampsia), desnutrição, uso

Atividade física na prevenção e melhora do Alzheimer

Recentemente, cientistas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) estabeleceram uma relação entre os níveis de irisina – hormônio produzido pelos músculos durante o exercício físico – e uma possível forma de estabilizar o avanço da doença de Alzheimer. O teste, que foi feito em camundongos com a doença, comprovou que os níveis de irisina presentes no cérebro de pessoas com Alzheimer é baixo. Além disso, provou-se que a reposição do hormônio, seja por atividades físicas ou por doses manipuladas, foi capaz de reverter, em partes, a perda de memória. Segundo o dr. Paulo Bertolucci, chefe do setor de Neurologia do Comportamento da Escola Paulista de Medicina (EPM)/UNIFESP, desde que come

Rir ou chorar à toa pode ser doença

Afeto pseudobulbar é a reação involuntária e descontrolada uma emoção neurológica, como riso ou choro. Ocorre sem motivação específica, em contexto indeterminado. Pode durar por um longo intervalo de tempo. Trata-se de um transtorno de incontinência emocional mais comum em pacientes portadores de certas doenças neurológicas: Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), Esclerose Múltipla e Doença de Alzheimer, por exemplo. Ou que já sofreram Acidente Vascular Cerebral (AVC). Conforme a dra. Jerusa Smid, do Departamento Científico de Neurologia Cognitiva e do Envelhecimento da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), o afeto pseudobulbar pode ocorrer em lesões tronco-cerebrais, lesões do lobo frontal

Medicina com M maiúsculo

A educação no Brasil perdeu, de bons tempos para cá, a interrelação com a boa formação, tornando-se simplesmente um negócio para a maioria dos donos de escolas e faculdades. O reflexo da mercantilização é sentido em várias etapas dos estudos, com desdobramentos importantes em toda a sociedade. No Ensino Fundamental, I ou II, muitas crianças passam de ano mal sabendo ler ou formular uma oração com sujeito, verbo e predicado. Assim, começam a ruir sonhos de milhões de brasileiros que, amanhã, provavelmente não terão boas oportunidades no mercado de trabalho e comporão a parcela mais vulnerável. No Ensino Médio, estudantes despreparados também recebem diplomas completamente crus. Vários ultrapa

Os diferentes tipos de adubo

Por Valter Casarin, engenheiro agrônomo Valter Casarin, consultor científico da NPV (Nutrientes para a Vida) Adubo ou Fertilizante? Esses termos são sinônimos. Na realidade são uma espécie de ração usada para simplesmente alimentar as plantas. As plantas têm quatro necessidades vitais para crescer: elas precisam de luz, água, um solo para desenvolver suas raízes e nutrientes. Quando estes últimos estão presentes no solo, tudo vai bem, mas quando os nutrientes se esgotam, acabam, você deve repô-los. As perdas de nutrientes por diversos processos e a exportação pela colheita, favorecem o esgotamento dos nutrientes no solo. Como resultado, torna-se necessário fornecer suplementos de nutrientes.

Tecnologia pode reduzir casos de glaucoma e trazer outros benefícios para a Saúde

O palestrante Pini Ben-Elazar apresentará plataforma inovadora e abordará o impacto de dispositivos móveis para a assistência no Global Summit Telemedicine & Digital Health Pini Ben-Elazar estará no Brasil, de 4 a 6 de abril de 2019, discorrendo sobre várias inovações na Medicina. Ele é uma das estrelas do , evento inédito no País e o maior do setor na América Latina, que ocorrerá, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Entre as inovações digitais que abordará está o Preceyese, que é uma plataforma projetada para reduzir o risco do glaucoma, melhorando o tratamento por meio da detecção precoce, aperfeiçoamento de monitoramento e manejo. Esta doença pode causar cegueira e já afeta cerca d

O despertar do amanhã

Ele chegou! 2019 pede passagem e entra em nossas vidas renovando esperanças de um mundo e um Brasil melhores. Vale muito entrar nessa onda e encarar o amanhã com bons olhos. Ser positivo, acreditar que os desafios podem ser vencidos e que as possibilidades serão alvissareiras realmente são pressupostos determinantes a uma existência mais feliz, à construção de um País mais justo. Viramos o ano. E, por aqui, empossamos um novo Governo. Agora, o presidente de plantão chama-se Jair Bolsonaro. A ele demos aval, por maioria dos votos, para nos representar e para zelar por nossos interesses. Somos uma Democracia. O presidente, como qualquer ocupante eventual de um cargo eletivo, é delegado por nós

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE MENSTRUAÇÃO E VERÃO

A menstruação é a descamação da parede internas do útero quando a fecundação do óvulo não acontece. Ela faz parte do ciclo reprodutivo feminino e acontece mensalmente desde a menarca – primeiro fluxo menstrual – até a menopausa – momento em que ocorre a última menstruação espontânea. Como cada organismo é singular e funciona à sua maneira, algumas mulheres podem menstruar por apenas 3 dias enquanto outras chegam a passar uma semana inteira menstruando. Contudo, não importa a intensidade ou o período do seu fluxo. Toda mulher com certeza já passou, ou vai passar, menstruada por um verão. Para a doutora Ilza Maria Urbano Monteiro, ginecologista e vice-presidente da Comissão Nacional de Especia

CONDEPE 2019 PRIORIZA SEGURANÇA DE PACIENTES

O tema é debatido há centenas de anos. Florence Nightingale, famosa enfermeira britânica, pioneira no tratamento de feridos da guerra, já advertia, ao final do século XIX, para a importância de “não causar danos aos doentes”. Entretanto, a preocupação só passou para a agenda internacional com o relatório do Instituto de Medicina “Errar é humano: Construindo um Sistema de Saúde Seguro”, de 1999, que estabeleceu um marco para a criação de um movimento global de segurança do paciente. É o que conta Mara Machado, Chief Knowledge Officer do IQG e da Accreditation Canada no Brasil, que discorrerá sobre o assunto em sua palestra no II Congresso de Desenvolvimento em Enfermagem, o CONDEPE 2019, que

Síndrome do prédio doente: cuidado

Rinite e sinusite são enfermidades distintas, mas que podem ocorrer conjuntamente. A primeira é um processo inflamatório de mucosa nasal, enquanto a segunda é causada pela infecção dos seios paranasais. De comum, é possível dizer, por exemplo, que ambas podem ser uma consequência da Síndrome do prédio doente. Rinite Em episódios de rinite, a inflamação pode ocorrer por vírus, bactéria e insetos. Ou por alergias decorrentes, em muitos casos, de inalantes, como poeira, fumaça, perfumes, itens de limpeza ou cloro de piscina; produtos alimentícios, a exemplo de corantes. Certas vezes estão associadas a outras alergias, como a de pele. Segundo o ex-presidente do Departamento Científico de Otorrin

NOTÍCIAS

(11) 3871-2331 | 3873-6083  

 3562-0088 | 99911-8117

Av. Pompéia, 634

Cj. 401 - São Paulo